Primeira pole position da Duraline Racing na Turismo Nacional

Carro novo, pista molhada, cambio borboleta e pneu semi-slick na estreia de Rafael de Paula e primeira pole position para Eduardo de Paula na categoria. Fim de semana cheio de emoções para Duraline Racing na 5ª etapa do campeonato no Velopark.

Realizada nos dias 23 e 24 de setembro, no Velopark / RS, a quinta etapa da Turismo Nacional foi uma corrida cheia de altos e baixos. O clima de chuva deixou a pista, que já é bastante técnica, um pouco mais complicada. Para a Duraline Racing, foi um fim de semana marcante com a estreia de Rafael de Paula na categoria e a primeira pole position de Eduardo de Paula.

“Foi um final de semana diferente. Com 14 carros no mesmo segundo conseguimos conquistar a nossa primeira pole position na Turismo Nacional”, comemora Eduardo de Paula. “Mesmo com todas as corridas debaixo d’água, tivemos velocidades constante durante todas as provas, sempre entre as 4 melhores voltas da corrida”, completa o piloto que ficou com a quinta posição nas corridas 1 e 2, e um segundo lugar nas corridas 3 e 4. Infelizmente, na última corrida do dia, soltou o parafuso do pivô da suspensão dianteira do GM Ônix. “Minha roda caiu e acabei batendo em outro piloto tendo que abandonar já na primeira volta”, lamenta Eduardo.

Para Rafael de Paula, que fez sua estreia na categoria, um fim de semana cheio de novidades. “Tudo novo! Adaptação com o carro, câmbio borboleta, pneu semi slick… Sem contar a chuva. A partir de sexta-feira foi embaixo de muita chuva, que para mim foi muito mais difícil”, conta Rafael, que mostrava sua evolução a cada treino. Após dois treinos classificatórios, quatro corridas no sábado e duas no domingo, o piloto foi o melhor estreante do fim de semana. “Fiquei surpreso com o resultado, pois ali estavam pilotos que tem uma grande bagagem e experiência. Com certeza eu aprendi muito”, completa o piloto.

De acordo com o regulamento da Turismo Nacional, a última etapa tem pontuação dobrada. Serão 258 pontos em jogo, deixando a disputa ainda mais emocionante. Como a Duraline Racing não disputou todas as provas, os pilotos Eduardo e Rafael não têm chances matemáticas de título. Mas o planejamento do ano está sendo cumprido. “Fiquei contente com minha velocidade e com todo o trabalho que a equipe fez em cima do carro. Cada corrida que passa sinto que estou mais preparado para competir com os grandes nomes da Turismo Nacional”, declara Eduardo.

Classificação no Campeonato após duas etapas (Categoria A)

  1. Juninho Berlanda, 478 pontos
  2. Ernani Kuhn, 401
  3. Arthur Scherer, 295
  4. Pablo Alves, 292
  5. Guilherme Sirtoli, 269
  6. Fabrício Lançoni, 239
  7. Junior Niju, 228
  8. Beto Pontes, 217
  9. Edu de Paula, 208
  10. Ezequiel Dall’Asta, 178

A decisão do título está marcada para os dias 2 e 3 de dezembro e terá lugar no Autódromo Internacional Zilmar Beux, em Cascavel, no Oeste do Paraná. Confira a seguir a classificação dos respectivos campeonatos após a penúltima etapa de 2023, já efetuados os descartes dos seis piores resultados de cada piloto na temporada.

Calendário Turismo Nacional 2023

  • 1ª – 02/04 – Goiânia (GO)
  • 2ª – 28/05 – Tarumã (RS)
  • 3ª – 11/06 – Interlagos (SP)
  • 4ª – 20/08 – Goiânia (GO)
  • 5ª – 24/09 – Velopark (RS)
  • 6ª – 03/12 – Cascavel (PR)

A Turismo Nacional é a principal categoria para carros de turismo do Brasil, utilizando modelos de diversas marcas, com motores iguais 2.0 aspirados e cambio sequencial. Para a disputa do campeonato, a Duraline Racing conta com patrocínio e Duraline. Mais informações podem ser encontradas em www.duralineracing.com.br.  


Fotos