Duraline Racing encara o primeiro desafio do ano no asfalto

Após dois anos de sucesso nas pistas de terra, a Duraline Racing fará sua estreia no asfalto. Eduardo de Paula e Rafinha de Paula disputarão a primeira etapa da Gold Turismo nos dias 10, 11 e 12 de fevereiro em Interlagos.

A Gold Turismo é uma das categorias que mais cresce no cenário do automobilismo nacional. Uma parte do sucesso se dá por absorver os carros de turismo restritos ao campeonato nacional por conta da idade. Por outro lado, possui incríveis disputas a um custo acessível para as equipes. Não é à toa que, apesar de jovem, o campeonato prevê um grid de 50 carros na etapa de abertura.

Os carros que competem são os mesmos que fizeram história no automobilismo nas três últimas décadas. São modelos de produção com motores 1.6 L. Combinação perfeita para os pilotos da Duraline Racing provarem sua habilidade em provas de asfalto, pois poderão utilizar o mesmo equipamento do Velocidade na Terra (campeonato em que conquistaram o título em 2022), com pequenas alterações de suspensão.

Os irmãos Eduardo de Paula e Rafael de Paula vão correr a primeira prova de asfalto, justamente no templo do automobilismo, o autódromo de Interlagos. “O objetivo é fazer bons treinos e me adaptar rapidamente para fazer uma boa corrida, sem muitos erros e poder garantir um bom resultado”, comenta Eduardo. Questionado sobre a diferença entre terra e asfalto, Eduardo responde que “sim, há muita diferença. Mas o aprendizado na terra torna o asfalto mais fácil de andar. Porém, nem sempre a mesma pilotagem na terra é a mais rápida no asfalto”.

Para Rafinha de Paula, “a expectativa é grande, ansiedade a mil. Primeira vez que estarei participando de uma prova de asfalto e ainda mais em Interlagos”, se referindo ao autódromo mais importante do cenário brasileiro no automobilismo. “Eu acredito que para todos que são viciados neste esporte como nós, correr em Interlagos é um sonho”, completa o piloto. “Só de imaginar em andar em uma pista histórica como essa chega a dar calafrios. A ansiedade de andar pela primeira vez em Interlagos vai ser algo inesquecível”, comenta Eduardo.  

Cada etapa da Gold Turismo será composta por quatro corridas curtas, de 20 minutos. “Nosso regulamento prevê três formatos diferentes, e a cada etapa podemos adotar um deles”, explica Luc Monteiro, jornalista e organizador do campeonato. Todas as corridas terão transmissão ao vivo na internet. As etapas também terão um compacto exibido pelo BandSports, canal de programação esportiva do Grupo Bandeirantes de Comunicação.

Programação 1ª etapa

Sexta-feira, 10 de fevereiro

  • 08:00 – treino oficial 1 (30 min.)
  • 12:10 – treino oficial 2 (30 min.)
  • 16:30 – treino oficial 3 (30 min.)
  • 17:15 – Briefing

Sábado, 11 de fevereiro

  • 08:00 – treino oficial 4 (30 min.)
  • 09:55 – treino classificatório (20 min.)
  • 12:40 – corrida 1 (20 min. + 1 volta)
  • 16:25 – corrida 2 (20 min. + 1 volta)

Domingo, 12 de fevereiro

  • 09:25 – corrida 3 (20 min. + 1 volta)
  • 13:10 – corrida 4 (20 min. + 1 volta)
  • 14:30 – pódio

As etapas da Gold Turismo serão desenvolvidas em autódromos de três estados. São Paulo receberá a primeira, em Interlagos, e a quinta, dia 10 de setembro no Velocitta, em Mogi Guaçu. O Rio Grande do Sul terá a segunda e a quarta, nos dias 15 de abril em Guaporé e 22 de julho em Viamão. As etapas paranaenses estão confirmadas para Londrina, no dia 10 de junho, e Cascavel, no dia 15 de outubro.

Calendário 2023 Gold Turismo

  • 11 e 12/02 – 1ª etapa – Interlagos / SP
  • 14 e 15/04 – 2ª etapa – Guaporé / RS
  • 09 e 10/06 – 3ª etapa – Londrina / PR
  • 21 e 22/07 – 4ª etapa – Tarumã / RS
  • 09 e 10/09 – 5ª etapa – Velocittà / SP
  • 14 e 15/10 – 6ª etapa – Cascavel / PR

A Gold Turismo é uma categoria para carros de produção em circuitos de asfalto. Além da identificação com os carros do dia a dia, existe o apelo pelos modelos que já fizeram história no automobilismo nacional. A Duraline Racing conta com o apoio técnico da Scuderia Racing e patrocínio de Duraline.