Campeonato Brasileiro de Velocidade na Terra define o título 2022

O novo autódromo de Telêmaco Borba / PR foi sede do VNT Brasil nos dias 07, 08 e 09 de outubro.

O fim de semana foi de muita velocidade na cidade de Telêmaco Borba, no oeste do Paraná, com a etapa do Campeonato Brasileiro de Velocidade na Terra. Os melhores pilotos da modalidade se mostraram muito satisfeitos com a infraestrutura do recém inaugurado autódromo e partiram para a disputa.

Na sexta-feira foram realizados os primeiros treinos livres. Ainda conhecendo a pista, que passava por constante manutenção por causa das fortes chuvas que caíram nos dias anteriores, Eduardo de Paula fez o terceiro melhor tempo no primeiro treino livre, atrás de Juca Lisboa e Jorge Augusto. Rafael de Paula, ainda acertando o carro, fez o décimo quinto tempo. No segundo treino, os pilotos da Duraline Racing melhoraram. Eduardo fez o primeiro tempo e Rafael o décimo primeiro.

Sábado de manhã o clima estava mais estável e os pilotos partiram para o treino classificatório. Repetindo a performance do dia anterior, Eduardo de Paula fez o melhor tempo e largou na primeira posição, seguido de Jorge Augusto e André Krueger. Rafael de Paula ficou com a décima primeira posição.

O campeonato foi dividido em duas provas de duas baterias cada. A primeira bateria da primeira prova aconteceu logo na sequência do treino classificatório e Eduardo completou “barba, cabelo e bigode”. O piloto de Barra Velha, além de largar na pole, venceu a prova e ainda ficou com a melhor volta. Completou o pódio Jorge Augusto, na segunda posição, e Juca Lisboa na terceira. Rafael de Paula terminou na nona colocação.

Na segunda bateria a sorte não estava do lado do piloto catarinense. Eduardo enfrentou problemas e concluiu a prova na décima quarta posição. A vitória ficou com Jorge Augusto, seguido de Juca Lisboa e André Krueger. Rafael de Paula melhorou sua performance e concluiu na sexta posição. “Ainda meio sem acreditar em tudo que aconteceu na etapa. Primeira vez participando de uma etapa do Brasileiro e parece que foi um dia perfeito. Fomos o único gol a virar 1:05m, conquistamos a pole position e ganhamos a primeira bateria do dia”, comemora Eduardo de Paula. “O trabalho que fizemos foi insano e a sensação de estar na frente dos melhores do Brasil me fez sentir algo único”, completa o piloto da Duraline Racing.

Por mais que seja uma segunda prova no mesmo fim de semana, Domingo foi um novo dia para todas as equipes. O dia começou com novo treino classificatório e Rafael de Paula ficou com sétima posição. O melhor tempo foi de Stive Tokarski, seguido de Jorge Augusto e Andre Krueger. Eduardo de Paula quebrou o câmbio e não marcou tempo no treino classificatório.

Na primeira bateria a vitória ficou com Jorge Augusto, que também fez a melhor volta, seguido de Stive Tokarski e Andre Krueger. Rafael de Paula veio logo na sequência, na quarta colocação. Eduardo de Paula, que largou de último, conquistou diversas posições, mas novamente um pneu furado tirou a chance de um melhor resultado. Na segunda bateria do dia, os irmãos Rafael e Eduardo ficaram com quinta e sexta posição, respectivamente. A vitória foi de Jorge Augusto coroando seu fim de semana como Campeão Brasileiro de Velocidade na Terra. Em segundo lugar ficou Stive Tokarski e, em terceiro, Andre Krueger.

Resultado Final do Campeonato Brasileiro de Velocidade na Terra

  1. Jorge Augusto
  2. Andre Krueger
  3. Alexandre Camargo
  4. Rafael De Paula
  5. Eduardo de Paula

O próximo desafio da Duraline Racing será a sexta etapa do CCA – Campeonato Catarinense de Automobilismo, nos dias 18, 19 e 20 de novembro, onde a equipe segue na disputa pelo título da categoria Marcas E.

O Velocidade na Terra é uma competição de carros de turismo em pista de terra. Além da identificação com os carros do dia a dia, o piso de baixa aderência traz mais dificuldade para os pilotos, proporcionando um verdadeiro show para o público. A Duraline Racing conta com apoio técnico da Scuderia Racing e patrocínio de Duraline.

Fotos